ACESSO RÁPIDO
Hospital São Francisco

Santa Casa realiza primeira cirurgia robótica de tórax em criança

Publicado 21 de dezembro de 2021
Santa Casa realiza primeira cirurgia robótica de tórax em criança

O Instituto de Cirurgia Robótica Helda Gerdau Johannpetter, da Santa Casa de Porto Alegre, foi palco da primeira cirurgia robótica de tórax em crianças do Rio Grande do Sul. O procedimento assistido pela nova tecnologia foi realizado para a correção de uma hérnia diafragmática no pequeno Miguel, de 6 anos, que recebeu alta nesta segunda-feira (20/12).

Realizado no dia primeiro de dezembro, o procedimento foi liderado pelo cirurgião pediátrico Rafael Deyl. Além da maior agilidade na recuperação, a intervenção robótica possui uma série de benefícios para os pacientes, como a diminuição da dor pós-operatória, redução do risco de infecção e de sangramento, aliados a maior precisão cirúrgica. “Realizar uma cirurgia aberta ou mesmo por meio de videotoracoscopia convencional, onde há limitação de movimento, seria um trauma muito grande para um menino que tem uma instabilidade pulmonar tão grande como o Miguel. Com a cirurgia assistida por um robô, a maior articulação das pinças permitiu que conseguíssemos realizar a troca da prótese de forma muito menos invasiva”, explicou Deyl.

Como destacou o cirurgião, Miguel é um verdadeiro guerreiro. Mesmo antes de nascer, foi diagnosticado com hérnia diafragmática e o parto precisou ser realizado com apenas 29 semanas. Pesando 1.5 kg, Miguel nasceu com a ausência total do diafragma esquerdo, quando passou pela primeira cirurgia para a colocação de uma prótese.

Texto e imagem: Vinícios Sparremberger/Santa Casa


242 visualizações