ACESSO RÁPIDO

Ambulatório de Especialidades Médicas

Ambulatório de Prevenção e Tratamento de Lesões de Pele

Ambulatório de Quimioterapia

Banco de Córneas

Banco de Tecidos

Cardiologia Clínica

Cardiologia Pediátrica

Centro de Cardiodiagnóstico

Centro de Cirurgia Bucomaxilofacial

Centro de Diagnóstico por Imagem

Centro de Doença de Parkinson e Distúrbios do Movimento

Centro de Epilepsia

Centro de Ginecologia da Infância e Adolescência

Centro de Infusão

Centro de Medicina Cérvico Facial

Centro de Medicina Sexual

Centro de Osteoporose

Centro de Prevenção do Câncer

Centro de Reabilitação Pulmonar

Centro de Tratamento da Obesidade

Centro de Tratamento Integrado da Dor

Centro Internacional de Arritmias - Instituto J. Brugada

Cirurgia Cardiovascular

Cirurgia de Coluna Pediátrica

Cirurgia Torácica

Cirurgia Vascular e Endovascular

Coloproctologia

Controle de Infecção e Infectologia Pediátrica

Cuidados Paliativos

Dermatologia

Diálise

Emergência adultos

Emergência Pediátrica

Endocrinologia

Endoscopia

Gastroenterologia Pediátrica

Geriatria

Hemodinâmica em Cardiologia Intevencionista

Imagens Moleculares - PET/CT

Instituto Materno-Fetal Celso Rigo Associado à Medicina Materno-Fetal Barcelona

Laboratório de Análise de Clínicas

Laboratório de Biologia Molecular

Laboratório de Função Pulmonar

Laboratório de Imunologia de Transplantes

Laboratório de Micologia

Laboratório de Microbiologia

Laboratório de Motilidade Digestiva

Laboratório de Patologia

Laboratório de Sono

Linha de Cuidado em AVC

Litocentro

Maternidade Mário Totta

Neurocirurgia

Neurorradiologia

Núcleo de Cirurgia Plástica

Nutrição

Oftalmologia

Ortopedia e Traumatologia

Ortopedia Pediátrica

Otorrinolaringologia

Otorrinolaringologia Pediátrica

Pneumologia

Pneumologia Pediátrica

Programa Gerenciado de Cuidados Paliativos

Quimioterapia Pediátrica

Radioterapia

Reabilitação Pós-Covid

Reabilitação Robótica – Serviço de Fisioterapia

Urologia

Centro de Tratamento da Obesidade

O Centro de Tratamento da Obesidade está localizado no mezanino do Hospital Santa Rita e conta com apoio multidisciplinar do Laboratório de Análises Clínicas, do Centro de Diagnóstico por Imagem e do Serviço de Endoscopia, além de diversos serviços especializados dentro do próprio complexo de hospitais da Santa Casa.

Agendamento para convênios e particulares são realizados pelos telefones (51) 3214-8473 / (51) 3214-8000 (de segunda a sábado, das 7h às 20h, e nos feriados das 7h às 19h. Nos domingos não há atendimento) ou diretamente na recepção do Centro de Tratamento da Obesidade. 

O CTO – Centro de Tratamento da Obesidade da Santa Casa - foi criado em 23 de março de 2004 com o objetivo de atender integralmente o paciente com obesidade grave com indicação de tratamento cirúrgico. 
Critério de Indicação de Cirurgia Bariátrica
Segundo o Ministério da Saúde, o tratamento cirúrgico é indicado aos pacientes com obesidade severa ou mórbida:
- Pessoas com IMC (Índice de Massa Corporal) igual ou maior que 40 kg/m2;
- Portadores de obesidade com IMC maior ou igual a 35 kg/m2 que possuem doenças desencadeadas ou agravadas pela obesidade;
- Insucesso do tratamento clínico por no mínimo 2 anos;
- Ausência de doença clinicamente severa;
- Ausência de doença psicológica ou psiquiátrica grave;
- Idade: entre 18 e 65 anos

Principais doenças associadas à obesidade (que servem como critérios de inclusão junto ao IMC maior de 35 kg/m2):
- Pressão alta
- Diabetes tipo II
- Colesterol alto
- Esteatose hepática (gordura no fígado)
- Apneia do sono
- Osteoartrite
- Asma

Técnicas Cirúrgicas
A cirurgia bariátrica é o método mais eficaz para o tratamento da obesidade grave. Os procedimentos são realizados por videolaparoscopia, método minimamente invasivo e aplicável em todas as técnicas cirúrgicas.

Os procedimentos realizados no CTO, aprovados pelo Conselho Federal de Medicina, são:
- Bypass gástrico em Y de Roux
- Gastrectomia vertical (Sleeve)

Bypass Gástrico
- É a técnica mais realizada no Brasil, correspondendo a mais de 70% das cirurgias realizadas;
- Espera-se que o paciente perca de 80 a 100% do excesso de peso;
- É considerado um procedimento misto, pois há modificação no estômago (redução / restrição) e no intestino (disabsorção);
- Nesse procedimento é realizado uma bolsa gástrica (pouch) de aproximadamente 50 ml através do grampeamento da porção superior do estômago e um desvio do intestino, promovendo restrição à entrada do alimento e um aumento dos hormônios que diminuem o apetite;
- Controle do diabetes e da hipertensão arterial em mais de 80% dos pacientes.
 
Sleeve Gástrico
- Procedimento aprovado em 2011 pelo Conselho Federal de Medicina;
- Espera-se que o paciente perca de 70 a 100 % do excesso de peso;
- É considerado um procedimento restritivo, pois há modificação somente do estômago (redução / restrição);
- Nesse procedimento, o estômago é transformado em um tubo com capacidade de até 100 ml. É retirado aproximadamente 85% do estômago, o que está relacionado com a diminuição de um hormônio chamado Grelina, diminuindo a fome;
- Controle do diabetes e da hipertensão em até 50% dos pacientes.
Fluxo de atendimento do CTO
- Avaliação inicial com o Cirurgião Bariátrico;
- Exames Iniciais (laboratoriais, endoscopia, eletrocardiograma, ecografia abdominal total, raio x de tórax);
- Avaliação Multidisciplinar (nutrição, clínica médica, psicologia / psiquiatria, cardiologia, endocrinologia);
- Discussão do Caso em Reunião da Equipe Multidisciplinar;
- Definição de conduta e marcação cirúrgica.

O Centro é responsável por mais de 1000 cirurgias bariátricas por ano e conta com uma equipe multidisciplinar composta por:
- Clínica médica;
- Cirurgia geral e do aparelho digestivo;
- Cirurgia plástica;
- Endocrinologia;
- Gastroenterologia;
- Nutrição;
- Psiquiatria;
- Psicologia.

Cirurgiões:
Dr. Luiz Alberto De Carli – Chefe do Serviço
Dr. André Bigolin
Dr. Antônio Carlos Weston
Dr. Gerson Junqueira
Dr. Giovani Barum
Dr. Guilherme Fagundes Bassols
Dr. Guilhermo Kiss
Dr. Marcos Goldoni
Dr. Natalino Rinaldi
Dr. Plauto Beck
Dr. Roberto Viña Coral
Dr. Rodrigo Koproviski Menguer
Dr. Sergio Pioner

Equipe multidisciplinar:

Equipe Clínica
Dr. Alessandro D’ávila
Dr. Cláudia Boszko Ramires
Dr. Fernando Bohn
Dr. Fernando Kaempf de Oliveira
Dr. Rodrigo Della Pasqua
Dr. Sandro Oliveira Stella

Equipe Endocrinologia
Dr. Airton Golbert
Dra. Carolina Petry
Dra. Helena Schmid
Dra. Marianna Lins de Souza Salerno
Dr. Ricardo Minuzzi

Equipe Saúde Mental
Psicóloga Ana Paula Fontanari
Psicólogo Marcelo Lubisco Leães
Dr. Marcelo Rosemberg Vilas Boas
Dra. Ramaile Tome Santana

Equipe Nutrição
Nutricionista Jessica Polet
Nutricionista Marciane Fantinelli

Equipe Gastroenterologia
Dr. Gustavo Morales
Dr. José Inácio Vieira Sanseverino
Dr. José Renato Hauck

Equipe Cirurgia Plástica
Dr. Roger Correa Dias

Como faço para marcar uma avaliação?
O primeiro passo é entrar em contato com o CTO pelos números acima e marcar uma consulta com um cirurgião da equipe. Ele vai realizar uma avaliação e indicar o melhor tratamento.

A cirurgia bariátrica é coberta pelo convênio?
Sim. Algumas consultas, porém, poderão ter algum custo, dependendo de cada convênio. Isso será explicado na primeira consulta.

Posso voltar a engordar após a cirurgia bariátrica?
Sim. A obesidade é uma doença crônica sem cura. Isso significa que os cuidados com alimentação e atividade física são para toda a vida. Porém, a cirurgia bariátrica é o tratamento com melhores resultados na perda de peso a longo prazo, em pacientes com obesidade moderada a severa (quando comparada com outros tratamentos para perda de peso) e que já realizaram tratamentos para perda de peso anteriormente.

Quanto tempo leva desde a primeira consulta até a cirurgia?
Esse período é bastante variável. Depende de cada paciente, suas doenças e histórico, assim como da avaliação da equipe. Grande parte dos pacientes realizam sua cirurgia 3 a 4 meses após a primeira consulta. Nesse período, realizam exames, consultas e, quando indicada, aguardam a liberação da cirurgia pelo seu convênio.

Quanto tempo devo me afastar do trabalho para realizar uma cirurgia bariátrica?
A grande maioria dos pacientes retorna ao trabalho 14 dias após a cirurgia.