ACESSO RÁPIDO

Ambulatório de Especialidades Médicas

Ambulatório de Prevenção e Tratamento de Lesões de Pele

Ambulatório de Quimioterapia

Banco de Córneas

Banco de Tecidos

Centro de Cardiodiagnóstico

Centro de Cirurgia Bucomaxilofacial

Centro de Diagnóstico por Imagem

Centro de Doença de Parkinson e Distúrbios do Movimento

Centro de Epilepsia

Centro de Infusão

Centro de Medicina Cérvico Facial

Centro de Medicina Sexual

Centro de Prevenção do Câncer

Centro de Reabilitação Pulmonar

Centro de Tratamento da Obesidade

Centro de Tratamento Integrado da Dor

Centro Internacional de Arritmias - Instituto J. Brugada

Cirurgia Cardiovascular

Cirurgia Vascular e Endovascular

Diálise

Emergência adultos

Emergência Pediátrica

Hemodinâmica em Cardiologia Intevencionista

Instituto Materno-Fetal Celso Rigo Associado à Medicina Materno-Fetal Barcelona

Laboratório de Análise de Clínicas

Laboratório de Função Pulmonar

Laboratório de Imunologia de Transplantes

Laboratório de Micologia

Laboratório de Microbiologia

Laboratório de Motilidade Digestiva

Laboratório de Patologia

Laboratório de Sono

Litocentro

Maternidade Mário Totta

Neurorradiologia

Núcleo de Cirurgia Plástica

Nutrição

Pneumologia Pediátrica

Programa Gerenciado de Cuidados Paliativos

Radioterapia

Reabilitação Robótica – Serviço de Fisioterapia

Serviço de Cardiologia Clínica

Serviço de Cardiologia Pediátrica

Serviço de Cirurgia de Coluna Pediátrica

Serviço de Cirurgia Torácica

Serviço de Coloproctologia

Serviço de Controle de Infecção e Infectologia Pediátrica

Serviço de Cuidados Paliativos

Serviço de Dermatologia

Serviço de Endocrinologia

Serviço de Endoscopia

Serviço de Gastroenterologia Pediátrica

Serviço de Geriatria

Serviço de Imagens Moleculares - PET/CT

Serviço de Neurocirurgia

Serviço de Oftalmologia

Serviço de Ortopedia e Traumatologia

Serviço de Ortopedia Pediátrica

Serviço de Otorrinolaringologia

Serviço de Otorrinolaringologia Pediátrica

Serviço de Pneumologia

Serviço de Quimioterapia Pediátrica

Serviço de Reabilitação Pós-Covid

Serviço de Urologia

Serviço de Otorrinolaringologia Pediátrica

O Serviço de Otorrinolaringologia Pediátrica está localizado no Hospital da Criança Santo Antônio.

Convênios e particular e SUS.

O Serviço de Otorrinolaringologia Pediátrica do Hospital da Criança Santo Antônio é pioneiro no país, com mais de 50 anos de existência. O serviço oferece consultas e consultorias em todas as áreas de atuação da otorrinolaringologia pediátrica.

Em um ambiente lúdico, acolhedor para as crianças, são oferecidos procedimentos diagnósticos e cirúrgicos modernos e, alguns inovadores. Além dos tradicionais exames audiológicos (audiometria infantil e imitanciometrias), são realizados potenciais evocados de tronco encefálico (PEATE) com sedação em ambiente seguro (inclusive, se necessário, com anestesia geral), vídeoendoscopias para diagnóstico de obstrução nasal, respiração bucal, estridores e de disfonias em consultório.

O serviço possui a 1ª unidade de investigação e tratamento sistemáticos das laringopatias congênitas no Brasil (fundada em 1999) e, desde 2003, o Centro de Via Aérea Pediátrica do Hospital da Criança Santo Antônio (VAPSA), onde são realizadas endoscopias (laringoscopias diretas, traqueobroncoscopias rígidas e flexíveis para diagnóstico e tratamento) e procedimentos cirúrgicos de alta complexidade, como as laringotraqueoplastias, ressecções cricotraqueais e traqueoplastias por deslizamento, que visam livrar as crianças da traqueostomia, reconstruindo a via aérea danificada por doenças ou por entubações traqueais prolongadas em UTIs.

O serviço possui também o inovador Núcleo de Implantes Cocleares e Próteses Implantáveis, que permite que crianças nascidas surdas ou que perderam audição voltem a ouvir e desenvolver-se plenamente em termos de fala e linguagem.

Exames realizados pelo Serviço:
Audiometria infantil com reforço visual
Audiometria tona e vocal
Imitanciometria
Laringotraqueosbroncoscopias flexíveis e rígidas
PEATE/BERA com sedação ou anestesia geral
Somnoendoscopia
Vídeonasofibrofaringolaringoscopia

Procedimentos realizados pelo serviço:
Adenoidectomias tradicionais e endoscópicas
Amigdalectomia lingual
Amigdalectomias tradicionais ou com coblation
Aplicação de botox guiado por ecografia para tratamento da sialorreia
Cirurgia da dacriocistocele nasal
Cirurgia da estenose da abertura piriforme sublabial
Cirurgia da laringomalácia (supraglotoplastia)
Cirurgia da ligadura dos quatro ductos das glândulas salivares maiores
Cirurgia da medialização endoscópica com fios da prega vocal para paralisias
Cirurgia do colapso supraestomal das traqueostomias
Cirurgia dos cornetos nasais (turbinoplastias)
Cirurgia endoscópica nasal para atresia de coanas
Cirurgias de cisto tireoglosso
Cirurgias de cistos branquiais
Cirurgias do freio lingual preso (frenulotomias e frenectomias)
Cirurgias endoscópicas nasais para tratamento de complicações orbitárias de sinusites
Cirurgias endoscópicas nasais para tratamento de pólipos e tumores
Cirurgias endoscópicas para as diversas malformações congênitas da laringe
Dacriocistorrinostomias endoscópicas
Dilatações com balões das estenoses subglóticas
Implante Coclear
Implante de próteses auditivas ósteo-ancoradas
Implantes de Prótese Auditivas de atuação na cadeia ossicular
Laringotraqueoplastias com enxertos de cartilagens costais anterior e posterior
Microcirurgia de laringe para colocação endoscópica de enxerto posterior para estenose subglótica posterior ou paralisia de pregas vocais
Microcirurgias de pregas vocais para tratamento da rouquidão
Microcirurgias laríngeas com microincisões e infiltração de corticoides nas estenoses subglóticas
Ressecção cricotraqueal tradicional e extendida
Septoplastias tradicionais, extracorpóreas e endoscópicas
Split cricoideo anterior e posterior para tratamento das paralisias bilaterais de pregas vocais
Submandibulectomias para tratamento da sialorreia
Timpanomastoidectomias abertas e fechadas para tratamento de otite crônica ou tumores
Timpanoplastia inlay com cartilagem butterfly
Timpanoplastia underlay sem ou com reconstrução dos ossículos do ouvido
Timpanotomia para colocação de tubos de ventilação (“drenos”)
Traqueoplastias por deslizamento
Traqueostomias

Hospital totalmente reformulado, lúdico, que propicia uma experiência mais agradável, tanto para as crianças quanto para os pais. Andares de internação e consultórios de convênios decorados com a obra infantil do poeta gaúcho Mário Quintana, com ilustrações nas paredes. Único hospital totalmente pediátrico que também atende particulares e convênios.

Equipe de atendimento humanizada nos consultórios e internação.

Todos os profissionais com residência médica (especialização) reconhecida, tanto pelo Conselho Federal de Medicina, quanto pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial. Vários mestres e doutores com atividades didáticas para residência médica e chefe do serviço professor da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA).

No Serviço de Otorrinolaringologia Pediátrica do Hospital da Criança Santo Antônio foram desenvolvidas e realizadas várias inovações:

1. Primeira cirurgia de timpanoplastia inlay com cartilagem butterfly no Brasil e segunda no mundo, que possibilita a realização da cirurgia totalmente por dentro do canal auditivo, sem incisões externas e que tem resultado auditivo imediato e sem necessidade de curativos pós-operatórios, com rápida duração, podendo ser feita com anestesia local em crianças maiores e adolescentes.
2. Primeira cirurgia de medialização de prega vocal com fios realizada no Brasil, que permite evitar a traqueostomia, procedimento padrão internacionalmente, para o tratamento da paralisia bilateral de pregas vocais.
3. Primeira aplicação de botox em glândula salivar guiada por ecografia em criança no RS;
4. Primeira cirurgia de implante auditivo BAHA (Bone Ancored Hearing Aid) no RS;
5. Primeira cirurgia de implante coclear bilateral em bebês no RS;
6. Primeira cirurgia de prótese auditiva totalmente implantável CARINA no RS.

Dr. José Faibes Lubianca Neto – CRM: 18937
Chefe do Serviço de Otorrinolaringologia Pediátrica da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

Membros do Serviço e área principal de atuação:
Dr. José Faibes Lubianca Neto – otologia e laringologia pediátricas
Dr. Rita Carolina Krumenauer Padoin – laringologia pediátrica
Dr. Renata Loss Drummond – rinossinusologia e laringologia pediátrica
Dr. Maurício Schreiner Miura – otologia pediátrica e próteses auditivas implantáveis

O que é estridor?
Estridor é o som audível provocado pela turbulência do fluxo de ar passando por um segmento estreitado da via aérea, desde a laringe até os brônquios.

Como diagnosticar a causa do estridor?
O diagnóstico é endoscópio. O tipo de ruído produzido não identifica a causa. Deve-se realizar SEMPRE a endoscopia, seja no consultório ou em ambiente hospitalar (dependendo da gravidade do caso).

Quais são as principais causas?
As principais causas são a laringomalácia, a estenose subglótica e a paralisia de pregas vocais.

O que é e como se trata a laringomalácia?
Laringomalácia é o fechamento cíclico da região acima das cordas vocais durante a inspiração, que produz um ruído agudo (estridor) e inspiratório. Hoje acredita-se que seja secundária à uma incoordenação neuromuscular motivada pela imaturidade dos reflexos da laringe.

Como retirar a traqueostomia e voltar a respirar pelo nariz?
Dependendo da causa, procedimentos de dilatação da subglote ou da traqueia ou cirurgias reconstrutivas da via aérea permitem a retirada da traqueostomia (decanulação). O Serviço de ORL Pediátrica do Hospital da Criança Santo Antônio possui profissionais experientes e treinados nesse manejo.

Ainda se operam amígdalas?
Sim, mas as indicações são mais refinadas e menos abrangentes. Basicamente, crianças com amígdalas grandes, com ou sem adenoides grandes, são operadas para melhorar dos roncos e das apneias do sono. Infecções recorrentes (7 por ano, 5 por ano por 2 anos consecutivos e 3 por ano por 3 anos consecutivos) também são indicação. Por fim, crianças com aumentos súbitos de somente uma amígdala devem ser operadas.

Meu filho tem que colocar drenos nos ouvidos?
Os drenos, melhor chamados de tubos de ventilação, tem indicação nas crianças que mantém líquido crônico (mais do que 3 meses) atrás dos tímpanos, para evitar a perda auditiva secundária e consequentes atrasos de linguagem. Estão indicados também nas otites recorrentes, caso ocorram numa frequência maior do que 3 episódios em 6 meses ou 4 em 1 ano e principalmente se a secreção de trás do tímpano se mantém entre as crises.

Meu filho respira pela boca e foi recomendado pelo dentista colocar aparelho. Como devo proceder?
A criança, por ter entupimento crônico do nariz, respira somente pela boca e à noite ronca. As causas mais comuns são rinite alérgica e aumento das adenoides. Antes de colocar o aparelho, a causa da respiração bucal tem que ser definida pelo otorrinolaringologista, pois se o problema não for reconhecido e a respiração bucal se mantiver, o aparelho não vai ser eficaz ou, se for, em pouco tempo o problema ortodôntico voltará.

Agendamento para convênios e particulares são realizados pelo telefone 3214-8000 ou pelo site.