Ambulatório de Especialidades Médicas

Ambulatório de Prevenção e Tratamento de Lesões de Pele

Ambulatório de Quimioterapia

Anestesiologia

Banco de Córneas

Banco de Tecidos

Cancerologia Clínica

Cardiologia Clínica

Cardiologia Pediátrica

Centro Cirúrgico Ambulatorial

Centro de Asma Grave

Centro de Cardiodiagnóstico

Centro de Cirurgia Bucomaxilofacial

Centro de Diagnóstico por Imagem

Centro de Ginecologia da Infância e Adolescência

Centro de Infusões

Centro de Insuficiência Cardíaca

Centro de Medicina Sexual

Centro de Prevenção do Câncer

Centro de Prevenção e Tratamento da Osteoporose

Centro de Reabilitação Pulmonar

Centro de Tratamento da Dor

Centro de Tratamento da Obesidade

Centro Internacional de Arritmias - Instituto J. Brugada

Cirurgia Aparelho Digestivo

Cirurgia Cabeça e Pescoço

Cirurgia Cardiovascular

Cirurgia de Coluna Pediátrica

Cirurgia Geral

Cirurgia Oncológica

Cirurgia Pediátrica

Cirurgia Torácica

Cirurgia Vascular e Endovascular

Coloproctologia

Controle de Infecção e Infectologia Pediátrica

Cuidados Paliativos

Dermatologia

Diálise

Emergência adultos

Emergência Pediátrica

Endocrinologia

Endoscopia

Gastroenterologia Pediátrica

Geriatria

Ginecologia e Obstetrícia

Hematologia

Hemodinâmica em Cardiologia Intevencionista

Imagens Moleculares - PET/CT

Infectologia

Instituto de Robótica

Instituto Materno-Fetal Celso Rigo Associado à Medicina Materno-Fetal Barcelona

Laboratório de Análise de Clínicas

Laboratório de Biologia Molecular

Laboratório de Função Pulmonar

Laboratório de Imunologia de Transplantes

Laboratório de Micologia

Laboratório de Microbiologia

Laboratório de Motilidade Digestiva

Laboratório de Patologia

Laboratório do Sono

Litocentro

Mastologia

Maternidade Mário Totta

Medicina Intensiva

Medicina Interna

Nefrologia

Nefrologia Pediátrica

Neonatologia

Neurocirurgia

Neurologia

Neurorradiologia

Núcleo de Cirurgia Plástica

Núcleo de Doença de Parkinson e Distúrbios do Movimento

Núcleo de Esclerose Múltipla e Doenças Neuroimunes

Núcleo de Memória e Distúrbios Cognitivos

Núcleo de Neurocirurgia de Coluna

Nutrição

Oftalmologia

Oncologia Radioterápica

Ortopedia e Traumatologia

Ortopedia Pediátrica

Otorrinolaringologia

Otorrinolaringologia Pediátrica

Patologia

Pediatria

Pneumologia

Pneumologia Pediátrica

Psiquiatria

Quimioterapia Pediátrica

Radioterapia

Rastreamento de Câncer de Pulmão - Núcleo de Saúde Pulmonar

Reabilitação Pós-Covid

Reabilitação Robótica – Serviço de Fisioterapia

Reumatologia

Urologia

Núcleo de Memória e Distúrbios Cognitivos

O Núcleo de Memória e Distúrbios Cognitivos está localizado no Hospital São José (convênios e particulares) e Hospital Santa Clara (SUS)

Convênios, particulares e SUS. Atendimento em consultório e internação hospitalar.

Agendamento de convênios e particulares: (51) 3214.8000, que também é WhatApp (de segunda a sábado, das 7h às 20h, e nos feriados das 7h às 19h. Nos domingos não há atendimento).

As consultas pelo SUS são agendadas pelas Secretarias de Saúde.

A equipe do Núcleo de Memória e Distúrbios Cognitivos da Santa Casa de Porto Alegre reúne especialistas na área de Neurologia cognitiva e do envelhecimento. Atende às mais diversas doenças, como a doença de Alzheimer, demência frontotemporal, demência com corpos de Lewy, dentre outras doenças relacionadas. Além da consulta médica, o serviço oferece avaliação neuropsicológica, análise de biomarcadores para doença de Alzheimer, a realização de tap-test para a investigação de hidrocefalia de pressão normal. Conta com o apoio do Centro de Diagnóstico por Imagem da Santa Casa e do Laboratório de Medicina Nuclear, onde exames de imagem como Ressonância Magnética, Cintilografia de perfusão cerebral e PET-FDG podem ser realizados.

A equipe conta com corpo clínico especializado, assim como profissionais de neuropsicologia e fonoaudiologia, permitindo o atendimento integral de pessoas com doença de Alzheimer e outras formas de demência.

Neurologistas especialistas em cognição:
Profa. Dra. Liana Lisboa Fernandez
Dr. André Luiz Rodrigues Palmeira
Dra. Ana Letícia Amorim de Albuquerque

O que é demência?
Quando se fala em demência, estamos nos referindo a um grupo de doenças que tem como característica comum o comprometimento das funções cognitivas (por exemplo: memória, linguagem, atenção, etc.) e que levam a impacto nas atividades do dia-a-dia (por exemplo: fazer compras, lidar com dinheiro, dirigir, trabalhar, sair só de casa, etc). É importante ressaltar que quando falamos em demência não nos referimos a uma doença em específico, e a causa deve ser investigada, principalmente doenças potencialmente reversíveis.
 
Qual a diferença entre demência e doença de Alzheimer?
A doença de Alzheimer é a principal causa de demência na população em geral. No entanto, não é a única. Outras doenças devem ser consideradas na investigação, a depender de cada caso.
 
Somente pessoas idosas podem ter doença de Alzheimer e outras formas de demência?
De maneira geral, várias doenças degenerativas podem causar demência, e estas tendem a ser mais frequentes conforme envelhecemos. No entanto, alguns casos mais raros podem se iniciar antes dos 65 anos, ao que chamamos de demência de início precoce.
 
Existe cura para a demência?
O primeiro passo na investigação é identificar potenciais causas reversíveis. Doenças como hipotireoidismo, deficiência de vitamina B12, depressão, doenças infecciosas, etc., podem comprometer as funções cognitivas, e quando tratadas precocemente podem apresentar estabilização e até melhora do quadro em alguns casos. Uma outra doença muito importante de ser investigada é a hidrocefalia de pressão normal, onde a pessoa afetada, além de apresentar dificuldades cognitivas, pode apresentar também dificuldade para caminhar e incontinência urinária - nestes casos a realização de teste específico (tap-test) está indicado.

As doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer, ainda não têm tratamento curativo. Entretanto, existem tratamentos sintomáticos que são fundamentais nas diferentes fases da doença para melhora da qualidade de vida. Terapias modificadoras da doença (medicamentos que fazem com que a doença evolua de maneira mais lenta) estão sendo desenvolvidas, mas não se encontram disponíveis no mercado brasileiro.
 
Quando devo procurar atendimento?
Se a pessoa apresenta dificuldade para lembrar as coisas, principalmente as mais recentes, dificuldade para falar ou para entender o que lhe falam, dificuldade para manter-se concentrado, mudanças no comportamento e na personalidade, uma avaliação neurológica é importante. Identificar precocemente essas doenças permite que o tratamento seja iniciado cedo, trazendo mais qualidade de vida.
 
Tenho um familiar com demência, devo me preocupar com a possibilidade de vir a ter demência no futuro também?
As doenças degenerativas de uma maneira geral são chamadas de doenças complexas, ou seja, há a interação de vários fatores, tanto próprios dos indivíduos (como as características genéticas) assim como os ambientais (hábitos de vida, como tabagismo e etilismo, doenças como pressão alta, diabetes, etc.) Isso quer dizer que nem sempre a doença é passada de geração em geração. Na verdade, somente algumas formas raras, chamadas de familiares, apresentam essa característica. De qualquer maneira, nesses casos, além da avaliação neurológica, a avaliação e o acompanhamento por médico geneticista está indicada, para que o risco de transmissão para as demais pessoas da família possa ser melhor avaliado. No Hospital São José também contamos o apoio da equipe de neurogenética para tais casos.